É provável que você já tenha definido as possíveis regiões que gostaria de morar, mas você conhece a rotina desses lugares?  Como é o trânsito durante a semana ou em dias de chuva? É possível comprar o pãozinho de domingo à pé ou dar aquele pulinho na farmácia sem precisar ir de carro? Quando receber visitas, as pessoas terão onde estacionar?

Todas essas questões são muito importantes na hora de alugar um imóvel com segurança e comodidade.

Solicite ajuda de um profissional para alugar um imóvel.

Agendar uma visita com o acompanhamento de um corretor vai proporcionar uma maior segurança antes de decidir pelo o imóvel ideal. Nesse sentido, você poderá se familiarizar com o local, entender se os móveis e cômodos te agradam ou atendem suas necessidades ou mesmo, se necessário, sugerir melhorias ao proprietário antes de fechar o acordo.

Se você mora longe ou não consegue conciliar sua agenda para ir presencialmente até o local, hoje é possível conhecer um imóvel para alugar virtualmente, com imagens e/ou vídeos de todos os cômodos nos detalhes.

Documentação e contrato para alugar um imóvel

Da parte do inquilino, normalmente são solicitados documentos de identificação e comprovação de renda, bem como uma garantia locatícia, entre as principais estão: fiador, seguro fiança, caução (conhecido também como depósito-caução) e título de capitalização.

Um dos pontos mais sensíveis da locação é a segurança, pois um imóvel alugado para o inquilino errado pode gerar muitos problemas. Dentre eles, temos alguns muito comuns, como: 

  • Inadimplência;
  • Destruição do imóvel;
  • Conflitos judiciais; 
  • Usucapião. 

No entanto, este cenário muda completamente quando o aluguel é gerenciado por uma imobiliária. Afinal, ela tem muita experiência e recursos para garantir a segurança do proprietário, fazendo uma ampla análise de risco, perfil, histórico e crédito do possível locatário.

Já do locador, é importante contar com a avaliação da imobiliária para verificar documentos de adequação do imóvel, como, por exemplo, se a propriedade não está penhorada ou se possui dívidas ativas.

Definir um valor máximo de quanto pode e/ou gostaria de pagar de aluguel é um item fundamental para manter as contas sempre sob controle. Logo, vale ficar atento ao que foi combinado, pois poderão ser adicionados outros custos como condomínio e IPTU, além, é claro, da comissão da imobiliária que intermediou a negociação e, pensando a médio e longo prazos, do reajuste anual de aluguel.

 Vale destacar para quem vai alugar pela primeira vez que, suas despesas com luz, água e gás quase nunca estão inclusas no valor do aluguel.

Um outro ponto importante é saber quais são seus deveres quando for entregar o apartamento. Isso é também colocado em contrato, onde – por meio de fotos e descrições -, são indicadas as condições que o imóvel foi entregue para você e quais são os requisitos no momento da devolução, entre os tópicos mais frequentes estão pintura, conservação da estrutura e móveis, no caso de mobiliado, entre outros.

 Contate uma Imobiliária de Confiança

Se você decidiu alugar um imóvel, recomendamos que procure uma imobiliária como intermediadora ao invés de fechar o contrato diretamente com o dono. Fechando negócio com o auxílio da imobiliária, a documentação necessária e a elaboração do contrato são de responsabilidade de especialistas. Ou seja, você reduz o risco de fechar um negócio ruim.

Ademais, uma imobiliária de confiança, conhecendo seu perfil e a necessidade do seu negócio, oferecerá imóveis adequados e devidamente avaliados. Uma imobiliária idônea possui uma grande carteira de clientes, fazendo o processo locação mais rápido além de muito mais seguro.

Acesse o site da Mirantte, que há 36 anos atua no mercado de da zona norte de São Paulo, em Portugal e em Miami, com mais 50 mil imóveis a sua disposição e solicite o contato de um especialista para cuidar com muito carinho e eficiência de seu aluguel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *