Cada vez mais comum nos dias atuais, o investimento em imóveis está em franco crescimento. Taxa Selic baixa demais para um rendimento que valha a pena em outras aplicações e facilidades de financiamento imobiliário são as principais razões para que tantas pessoas rotejam seu capital em casas e apartamentos.

No entanto, é preciso ficar atento a algumas regrinhas básicas para otimizar o investimento em imóveis. Afinal, como qualquer outra aplicação essa também tem seus segredinhos.

Veja agora 9 leis do investimento em imóveis que você deve saber – e respeitar – para fazer sua aplicação superar as expectativas.

1 – Investimento em imóveis deve ser uma aplicação racional

Essa é a primeira e provavelmente a mais importante das leis de investimento em imóveis: deixar o coração de lado e buscar uma solução racional.

É bastante comum nos apaixonarmos pelo imóvel, seja para morar ou para investir. Mas nem sempre isso significa que aquele é um bom negócio. Um investimento deve gerar lucro – e é isso que você deve ter em mente.

Investimento em imóveis deve ser uma aplicação racional, não emocional. Deixe seus gostos pessoais de lado e pense friamente no que o mercado quer.

Só assim será possível analisar todos os outros fatores que vão fazer desse um ótimo negócio mais adiante.

2 – Construção pode ser melhor do que comprar pronto

Analise muito bem ambas as possibilidades. Ao comprar um terreno e construir você paga apenas o custo da construção – ao contrário de quando compra pronto, já que vai pagar também pelo lucro de quem construiu.

Além disso, é possível personalizar o imóvel do seu jeito, da planta aos acabamentos, controlando os gastos e adequando ao perfil do seu público-alvo.

Seja para vender ou alugar, seu lucro será muito maior do que se comprar imóvel pronto.

3 – Seja estratégico

Um investimento em imóveis é um negócio altamente estratégico, que só deve ser feito quando você realmente tiver os recursos necessários. Só assuma uma dívida que você realmente pode pagar. Caso contrário não haverá recompensa financeira.

Por isso, um bom planejamento estratégico é fundamental. Analise o mercado, procure se informar, converse com quem entende. Uma boa assessoria imobiliária pode ajudar você a entender qual o momento certo de partir para a ação.

4 – Vender financiado vale mais a pena

Você pode ter um lucro muito maior se vender financiado. Já pensou em receber o mesmo lucro dos bancos? Construa e venda através de um financiamento próprio. Assim o seu rendimento será bem maior.

5 – Alugue e administre

Comprou ou construiu para alugar? Seu investimento em imóveis vai valer muito mais a pena se você também administrar o negócio. Para isso é preciso uma empresa constituída, é verdade, o que parece um exagero se você só tem um imóvel.

Mas abrir uma empresa pode ser uma ótima pedida se você se juntar com outros amigos que também fazem investimento em imóveis.

Por outro lado vale a pena considerar o investimento em flats. Lá, além da renda das unidades locadas há também o rendimento relacionados aos serviços prestados.

Gostou mas parece grande demais para você? Nada que uma boa assessoria imobiliária não resolva. Bons corretores podem ajudar você a multiplicar seu investimento em imóveis.

6 – Investimento em imóveis é negócio

Sempre, em qualquer situação, encare o investimento em imóveis apenas como um negócio. Bonito ou feio, não importa: olhe para a casa ou apartamento, terreno, sala comercial ou loja e veja números. São eles que dirão se aquele é ou não um bom negócio.

7 – Pague apenas o que o imóvel vale

Para fazer um bom investimento, pague apenas o que o imóvel realmente vale. Mas você não vai saber disso analisando quanto estão pedindo pelos que estão à venda na vizinha. Você vai saber analisando por quanto eles estão sendo efetivamente vendidos.

Ao chegar ao valor real, pergunte a si mesmo se terá lucro com esse preço. Só faça negócio se o lucro for real. Não esqueça de levar em conta possíveis reformas, condomínio etc. É comprar bem para vender bem também.

8 – Analise a localização

Um investimento em imóveis precisa levar a localização em consideração. Ela é adequada ao que ele se destina? O plano diretor da cidade permite o tipo de construção ou atividade que você pretende fazer? Fique atento aos detalhes ao avaliar o imóvel, porque eles podem estragar o que parece ser um bom investimento em imóveis.

9 – Tenha uma boa assessoria imobiliária

Você já deve ter percebido que investimento em imóveis é cercado de riscos. No entanto, eles podem ser minimizados se você for assessorado por profissionais competentes da área, habituados a análises objetivas e sólidas.

Por isso, ter uma boa assessoria imobiliária ao lado dá mais segurança às suas decisões e reduz a possibilidade de alguma coisa dar errado.

Os corretores da Mirantte são especialmente capacitados para ajudar você a fazer o melhor negócio. Venha conversar conosco e conte com o conhecimento de experts no mercado imobiliário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *