É comum quem passou a vida morando em apartamento sonhar em um dia mudar para uma casa. Ou o inverso, afinal faz parte da natureza humana buscar novas experiências. Mas será que a próxima escolha é realmente a mais acertada? É comum ficar em dúvida entre casa ou apartamento, principalmente na hora de comprar o primeiro imóvel.

Para tomar a melhor decisão, leve em consideração os seus hábitos e estilo de vida. Por isso, antes de escolher entre casa ou apartamento, conheça as vantagens e desvantagens de cada um.

Casa ou apartamento: nem sempre o que parece bom é o melhor

Em meio à discussão entre casa ou apartamento, você sempre vai encontrar defensores de ambos os lados. Claro, na verdade não existe um melhor do que o outro, a questão é a adaptação ao seu jeito de ser.

Por isso, o que é bom para uns, pode ser um verdadeiro desastre para outros. Analise com calma as vantagens e desvantagens de cada um antes de se decidir.

Vantagens e desvantagens de morar em casa

Para quem gosta de liberdade e não se incomoda a pagar a mais por isso, a casa costuma ser a opção ideal. Uma casa com quintal, por exemplo, pode ter espaço de sobra para toda a família e ainda agregar vários pets.

Por outro lado, há mais liberdade arquitetônica. Na maioria das vezes é possível fazer reformas e ampliações para adaptar o imóvel às mudanças naturais ocorridas na família com o passar do tempo.

Há mais liberdade também na definição das prioridades. A própria família decide o que é mais importante fazer primeiro, sem precisar entrar em consenso com a vizinhança – ao contrário dos condomínios.

Além disso, a menos que a casa esteja em um condomínio horizontal, não há taxa condominial, o que pode significar uma economia razoável.

Entre casa ou apartamento, na casa é possível ter quantos pets quiser, montar sua própria área de lazer e ter muito mais privacidade.

Desvantagens de morar em casa

Todos os custos, por outro lado, recaem apenas sobre a família, já que não há mais ninguém com quem dividir. Assim, tudo referente à manutenção, segurança, área de lazer e gastos em geral também devem ser contabilizados. Os custos acabam ficando bem mais altos do que nos apartamentos.

Para quem gosta de viajar ou passa muito tempo fora, entre casa e apartamento, esse último é mais seguro. Casas devem ter seu próprio sistema de segurança, mas não têm porteiros ou zeladores.

Assim, os muros ficam cada vez mais altos para evitar a vulnerabilidade do imóvel, o que colabora para reduzir a sensação de liberdade.

Vantagens e desvantagens do apartamento

Se está na dúvida entre casa ou apartamento pense um pouco sobre o seu perfil. Pessoas práticas, que não gostam de perder tempo arrumando a casa e/ou que ficam muito tempo fora a trabalho, geralmente têm mais o perfil de apartamento.

Geralmente as unidades em edifícios costumam ser bem mais seguras, o que é um ponto a favor de quem fica muito tempo fora – seja por conta do trabalho diário ou por causa de viagens constantes.

Por outro lado, há mais pessoas à sua volta, o que tanto beneficia a segurança quanto o rateio do condomínio. Assim, é possível ter uma ótima gama de serviços e opções nas áreas de lazer pagando bem pouco por isso.

Dessa forma, de um modo geral, as despesas para quem mora em apartamento costumam ser bem menores do que quem mora em casa.

Outra vantagem costuma ser a localização privilegiada, já que geralmente os apartamentos são mais bem localizados, próximos ao comércio e serviços e aos meios públicos de transporte.

Morar em apartamento também costuma ser muito bom para quem tem crianças e idosos, já que na maioria das vezes nem é preciso sair do condomínio para brincar com os amiguinhos, praticar natação ou ir à academia.

Muitos deles, aliás, têm até programas especiais de atividades específicas para idosos e aulinhas de futebol, tênis, etc para as crianças.

Desvantagens de morar em apartamento

Mas é claro que morar em apartamento também tem suas desvantagens. Uma dela sé justamente a coabitação com várias outras pessoas.

É preciso seguir normas bastante rígidas de convivência, respeitando os hábitos das demais famílias e também as exigências da lei. Por isso, há um pouco menos de liberdade, já que as regras servem para todos, sem exceção.

Outra desvantagem é o próprio condomínio em si, que é um gasto mensal obrigatório. A falta de pagamento pode levar até à perda do apartamento por inadimplência, por isso é preciso contar com o valor, que por vezes pode ter cotas extras, no orçamento mensal.

Também é preciso ficar atento se você gosta de pets. Não são todos os que aceitam bichos de estimação e costumam haver várias regras para a convivência com eles.

E então, já sabe se a casa ou apartamento é melhor para o seu perfil?

Seja qual for a sua escolha, tenha sempre uma imobiliária de alto padrão para ajudá-lo na busca. Com os melhores corretores estão também as melhores ofertas da cidade.

Por isso, escolha uma imobiliária especializada na região que você quer. A Mirantte, por exemplo, tem a melhor assessoria em toda a São Paulo, sendo especializada nos bairros nobres. Venha conversar conosco e descubra o seu imóvel ideal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *