investir em Portugal

Quando o assunto é rendimento, cada vez mais uma frase tem sido ouvida: o negócio do momento é investir em Portugal. E não é à toa. Em 2017, a pesquisa Expat Insider realizada pela InterNation colocou Portugal no topo do ranking mundial como país europeu com a melhor qualidade de vida.

Realizada novamente 1 ano depois, a mesma pesquisa colocou o país como o melhor da Europa para um estrangeiro viver. Muito mais do que a similaridade do idioma, Portugal tem sido uma verdadeira segunda casa para os brasileiros.

Para quem pensa em viver de vez em terras lusitanas, as perspectivas não poderiam ser melhores. Portugal é considerado ainda o terceiro país mais seguro do mundo, com saúde e educação de primeira qualidade.

Por outro lado, Portugal não para de crescer – de forma sólida e madura. Só para se ter uma ideia rápida, basta dizer que o PIB teve um crescimento real de 2,7% em 2017 em relação ao ano anterior.

Mas quando o assunto é investir em Portugal os números são bem diferentes – ainda melhores. Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), os investimentos em Portugal deram um salto espantoso: de 0,8% em 2016 para 8,4% no ano seguinte.

Nem é preciso dizer que, com tantas posições de liderança em ranckings mundiais de qualidade de vida, o setor que mais cresceu foi justamente o da construção civil. Foram mais de 1,5 bilhão de euros de investimentos na área – isso de um total de 2,9 bilhões de euros em investimentos.

Quer mais motivos para investir em Portugal? Não se preocupe, isso tem de sobra.

Por que investir em Portugal é o negócio do momento

Os números positivos parecem se multiplicar em avalanches em Portugal. Conhecido por suas belezas naturais e arquitetônicas, o turismo é outro setor que não para de contribuir maciçamente para a economia do país.

Se você já está pensando em como investir em Portugal, fique atento ao mercado imobiliário. Só em 2017 o turismo cresceu 16,6%, com nada menos que 41,6 milhões de pernoites de estrangeiros e 15,9 milhões de portugueses.

E não poderia ter sido diferente para um país que foi amplamente divulgado como o Melhor Destino da Europa pelo World Travel Awards, o “Oscar” do turismo. O resultado foi um salto da receita em turismo de 19,4% em 2017 em relação a 2016, totalizando 272 milhões de euros.

De olho no mercado imobiliário português

Dessa forma, investir em Portugal no mercado imobiliário é abrir um enorme leque de opões. Seja para moradia, locação ou até mesmo para montar algum tipo de hospedagem, as oportunidades são muitas.

Todas essas vantagens de investir em Portugal, aliás, já estão na boca do povo. Os brasileiros lideram o rancking dos estrangeiros que mais investem em imóveis em Portugal. Em segundo lugar estão os franceses e, a partir daí, os suecos e sul-africanos, seguidos pelo povo no extremo oriente, principalmente da China.

Facilidades para investir em Portugal atraem brasileiros

Há várias facilidades para investir em Portugal. Na capital, Lisboa, por exemplo, é difícil acreditar que o preço do metro quadrado seja menor do que da maioria das capitais europeias e ou de muitas outras cidades menores.

De uma forma geral, o valor do metro quadrado no país é bastante competitivo, o que também atrai investidores, claro, principalmente frente ao retorno do investimento.

Como em qualquer outro país do mundo, em Portugal o mercado também varia de acordo com a região. Mas é aí que entra uma boa assessoria imobiliária. Nos locais com alta demanda e pouca oferta, houve época em que o crescimento chegou a 30%.

Hoje, no entanto, após as medidas do governo de reabilitação de prédios antigos em áreas tradicionais, o crescimento diminuiu. Ainda assim, a média anual é de impressionantes 7% – principalmente se pensarmos em termos de uma moeda fortíssima como o euro e de inflação zero. Para o brasileiro, investir em Portugal é praticamente irresistível.

Como investir em imóveis em Portugal

Gostou da ideia e quer investir em Portugal? Você já viu que oportunidades não faltam. Para o Banco Mundial, por exemplo, o país é excelente para receber investimentos por vários motivos:

  • Facilidade em criar uma nova empresa: é o 2º país da UE nesse rancking. Começar um novo negócio leva 2,5 dias e apenas 3 passos;
  • Relações privilegiadas com os mercados do Brasil (como porta de entrada de produtos de língua portuguesa), Macau, África e Europa;
  • Custos laborais relativamente baixos em relação aos demais mercados da União Europeia;
  • O país é um celeiro de startups que se enquadram entre as mais competitivas do mundo;
  • Grande estabilidade social.

Por isso Portugal é um excelente mercado para investir e morar. Mas não esqueça de ter sempre a opinião de uma autoridade no assunto, como a Mirantte, que tem vários imóveis para investimento em Portugal.

Quer saber mais sobre como investir em Portugal e grandes oportunidades imobiliárias? Continue acompanhando nossos posts e receba dicas todas as semanas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *