financiar imóvel com FGTS

Pensando em sair do aluguel? Com certeza já pensou em financiar imóvel com FGTS, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Essa é uma ótima ideia, mas é preciso ficar atento às regras para ter direito. Por outro lado, os financiamentos não param de aumentar.

Para se ter uma ideia, só no primeiro semestre de 2018 o crédito para compra da casa própria com com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) aumentou 23%, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).

E tudo parece indicar que esse índice ficará ainda bem maior. Mudanças ocorridas no setor pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) estão fazendo com que agora seja ainda mais atrativo financiar imóvel com FGTS, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Veja por que e como esse recurso pode ajudar você a adquirir eu imóvel.

Pensando em sair do aluguel? Com certeza já pensou em financiar imóvel com FGTS, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Essa é uma ótima ideia, mas é preciso ficar atento às regras para ter direito. Por outro lado, os financiamentos não param de aumentar. Para se ter uma ideia, só no primeiro semestre de 2018 o crédito para compra da casa própria com com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) aumentou 23%, segundo a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). E tudo parece indicar que esse índice ficará ainda bem maior. Mudanças ocorridas no setor pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) estão fazendo com que agora seja ainda mais atrativo financiar imóvel com FGTS, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Veja por que e como esse recurso pode ajudar você a adquirir eu imóvel. Financiar imóvel com FGTS: nova regra para 2019 A partir de 2019 o novo teto para financiar imóvel cm FGTS para a ser R$ 1,5 milhão em todo o estados. Até lá fica valendo a regra antiga, de teto de R$ 950 mil para os estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas gerais e Distrito Federal. A decisão, do Conselho Monetário Nacional (CMN), tomada em 31 de julho de 2018, reedita medita temporária anterior, mas não tem data para acabar. Com ela, o governo espera injetar R$ 80 bilhões no setor nos próximo seis anos. Veja como usar o FGTS para financiar seu imóvel São muitas as vantagens em financiar imóvel com FGTS: é possível dar como entrada, reduzir o saldo devedor e quitar prestações. No entanto, não basta que ele esteja dentro do teto estipulado. Esse tipo de recurso, entretanto, só pode ser usado, por exemplo, para os imóveis comprados através do Sistema Financeiro Habitacional (SFH). Por outro lado, é preciso que tenha havido recolhimento do FGTS por pelo menos 3 anos por uma mesma empresa ou empresas diferentes. Veja em quais situações ele pode (e deve) ser utilizado Quando pode ser utilizado – Financiar imóvel com FGTS só é possível se for para o único imóvel do requerente na região. O fundo também não pode ter sido utilizado para operações similares nos últimos dois anos (24 meses). Se já existir um imóvel anterior quitado é preciso que ele primeiramente seja vendido para depois fechar a compra de outro pelo FGTS. Por outro lado, dependendo da região, se houver um imóvel ainda não quitado, em final de financiamento, pode haver a possibilidade de comprar financiar com o FGTS outro imóvel em outra cidade. Seria preciso, no entanto, comprovar vínculo empregatício e moradia por mais de 12 meses na cidade do imóvel pretendido. O ideal é consultar o banco para análise caso a caso. Para abater valores das parcelas - O saldo do FGTS é dividido em 12 vezes, mas só pode ser feito o abatimento máximo de até 80% o valor de cada prestação. Para abater o saldo devedor do financiamento – Essa amortização pode ser feita a cada dois anos, a partir do segundo ano de financiamento. Diretamente na Caixa ou pelo telefone Caixa na Mão. Quando vale a pena ser utilizado – O FGTS tem rendimento de 3% a.a. + TR, o que é um rendimento muito baixo. A melhor estratégia é financiar imóvel com FGTS e utilizar o dinheiro das prestações para quitar dívida. Os juros do cartão de crédito, por exemplo, são muito mais altos: mais de 270% a.a. em média. Confira as dúvidas mais comuns É possível financiar imóvel com FGTS do casal? Sim, desde que o relacionamento seja reconhecido judicialmente como união estável. Além disso, ambos têm que integrar o contrato de financiamento. Se ele estiver em nome de apenas uma das partes, a outra não pode colaborar com o seu fundo para abatimento. É possível financiar imóvel com FGTS inativo? Apenas com os saldos de contas inativas com saldo até dezembro de 2015, ma é preciso que tenha havido contribuição mínima de 3 anos. Mesmo assim, apenas para financiamentos do SFH e com amortização de 12 meses. É possível financiar imóvel com FGTS novamente na mesma cidade se já quitei o anterior? Nesse caso, é preciso fazer a venda do primeiro imóvel. A transação, por sua vez, deve ser comprovada tanto na matrícula do registro de imóveis quanto na escritura. Com essas informações fica muito mais fácil financiar imóvel com FGTS e acelerar a quitação do seu apartamento! Já encontrou seu imóvel ideal? A Alk Imóveis tem as melhores ofertas na sua região. Venha conferir!

Financiar imóvel com FGTS: nova regra para 2019

A partir de 2019 o novo teto para financiar imóvel cm FGTS para a ser R$ 1,5 milhão em todo o estados. Até lá fica valendo a regra antiga, de teto de R$ 950 mil para os estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas gerais e Distrito Federal.

A decisão, do Conselho Monetário Nacional (CMN), tomada em 31 de julho de 2018, reedita medita temporária anterior, mas não tem data para acabar. Com ela, o governo espera injetar R$ 80 bilhões no setor nos próximo seis anos.

Veja como usar o FGTS para financiar seu imóvel

São muitas as vantagens em financiar imóvel com FGTS: é possível dar como entrada, reduzir o saldo devedor e quitar prestações. No entanto, não basta que ele esteja dentro do teto estipulado.

Esse tipo de recurso, entretanto, só pode ser usado, por exemplo, para os imóveis comprados através do Sistema Financeiro Habitacional (SFH). Por outro lado, é preciso que tenha havido recolhimento do FGTS por pelo menos 3 anos por uma mesma empresa ou empresas diferentes.

Veja em quais situações ele pode (e deve) ser utilizado

Quando pode ser utilizado – Financiar imóvel com FGTS só é possível se for para o único imóvel do requerente na região. O fundo também não pode ter sido utilizado para operações similares nos últimos dois anos (24 meses). Se já existir um imóvel anterior quitado é preciso que ele primeiramente seja vendido para depois fechar a compra de outro pelo FGTS.

Por outro lado, dependendo da região, se houver um imóvel ainda não quitado, em final de financiamento, pode haver a possibilidade de comprar financiar com o FGTS outro imóvel em outra cidade.

Seria preciso, no entanto, comprovar vínculo empregatício e moradia por mais de 12 meses na cidade do imóvel pretendido. O ideal é consultar o banco para análise caso a caso.

Para abater valores das parcelas – O saldo do FGTS é dividido em 12 vezes, mas só pode ser feito o abatimento máximo de até 80% o valor de cada prestação.

Para abater o saldo devedor do financiamento – Essa amortização pode ser feita a cada dois anos, a partir do segundo ano de financiamento. Diretamente na Caixa ou pelo telefone Caixa na Mão.

Quando vale a pena ser utilizado – O FGTS tem rendimento de 3% a.a. + TR, o que é um rendimento muito baixo. A melhor estratégia é financiar imóvel com FGTS e utilizar o dinheiro das prestações para quitar dívida. Os juros do cartão de crédito, por exemplo, são muito mais altos: mais de 270% a.a. em média.

Confira as dúvidas mais comuns

  • É possível financiar imóvel com FGTS do casal?

Sim, desde que o relacionamento seja reconhecido judicialmente como união estável. Além disso, ambos têm que integrar o contrato de financiamento. Se ele estiver em nome de apenas uma das partes, a outra não pode colaborar com o seu fundo para abatimento.

  • É possível financiar imóvel com FGTS inativo?

Apenas com os saldos de contas inativas com saldo até dezembro de 2015, ma é preciso que tenha havido contribuição mínima de 3 anos. Mesmo assim, apenas para financiamentos do SFH e com amortização de 12 meses.

  • É possível financiar imóvel com FGTS novamente na mesma cidade se já quitei o anterior?

Nesse caso, é preciso fazer a venda do primeiro imóvel. A transação, por sua vez, deve ser comprovada tanto na matrícula do registro de imóveis quanto na escritura.

Com essas informações fica muito mais fácil financiar imóvel com FGTS e acelerar a quitação do seu apartamento!

Já encontrou seu imóvel ideal? A Mirantte tem as melhores ofertas na sua região. Venha conferir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *